MULHERES ESCRITORAS

Escritoras de língua portuguesa no tempo da Ditadura Militar e do Estado Novo em Portugal, África, Ásia e países de emigração

 

Obras
date_time
2021-09-14 16:10:00
id
Atrás do tempo
Isabel Gouveia
1962
Coimbra: Coimbra Editora, 1962.
Sim
Gouveia, I. (2013). Na voz da esperança há lágrimas (poesia completa) [pref. Fernando Pinto do Amaral]. Lisboa: Alêtheia Editores.
Poesia (sonetos)
Português

“O soneto é um género poético de proveniência italiana que é praticado em Portugal desde o século XVI e cujo apuramento formal é alcançado com o génio poético de Camões. Sendo um género recorrente na poesia portuguesa, poucos são aqueles que o praticam pela dificuldade formal que exige. Isabel Gouveia apresenta-o no seu livro de estreia com surpreendente brilhantismo pois encontramos neste livro uma voz lúcida que questiona, com determinação, e através de um vocabulário cuidado e elevado, o seu destino individual, não obstante a manifesta juventude do sujeito poético.”. José Fernando Tavares (http://isabelgouveia.blogspot.com/2014/03/da-palavra-como-incenso-proposito-da.html)

 

Acerca desta obra foi publicada uma recensão na página literária do Diário de Notícias, de 11 de outubro de 1962, e também na página literária d'o Século, de 10 de dezembro de 1962, com o seguinte teor:

“O volume de poesia de Isabel Gouveia, que tem por título Atrás do tempo é constituído por uma série de sonetos de límpido lirismo e, parecendo-nos tratar-se de uma estreia, diremos que ele constitui uma afirmação de real vocação. Em suas páginas perpassa, discreta mas magoadamente, um certo sentido dramático da vida. Longe de ser poesia circunstancial, antes nimbada de uma interioridade confidente, os sonetos de Isabel Gouveia são, de facto, trabalhos que prestigiam a autora, com momentos em que a acentuação lírica se eleva bem alto.”

logos das entidades apoiantes

 O IELT é financiado por Fundos Nacionais através da FCT - Fundação para a Ciência e Tecnologia no âmbito do projeto UIDB/00657/2020